Investimentos em Ações

Investimento em valor em ações de qualidade promissoras

Em termos de seleção de ações, a Genève Invest tem-se especializado no “investimento em valor”. A origem deste conceito de investimento remonta ao guru de investimento Benjamin Graham. A ideia de base é simples: as empresas têm um valor intrínseco (real) que pode ser determinado de uma forma bastante precisa, utilizando dados empresariais. Porém, devido a reações excessivas que ocorrem ciclicamente, o valor da empresa no mercado bolsista pode ser muito diferente do valor intrínseco. Não obstante, no longo prazo o valor no mercado bolsista e o valor intrínseco convergem sempre. Como investidores tradicionais em valor, utilizamos este efeito e realizamos investimentos direcionados em ações subavaliadas com potencial para recuperação (“catch-up”). Para além da sua subvalorização favorável, as empresas em que estamos particularmente interessados têm caraterísticas adicionais que proporcionem um determinado grau de proteção, embora isto não signifique que o preço das ações seja completamente resistente a retrocessos. Estas caraterísticas adicionais incluem particularmente:

Serviço gratuito de consulta
& reposta

Ao clicar nesta caixa, está a dar o seu consentimento para receber comunicações da Genève Invest por e-mail e telefone. Estas comunicações são necessárias para que possamos exercer a nossa atividade junto de clientes interessados. Os dados que nos forneceu serão armazenados de forma segura, de modo a podermos servi-lo melhor.



Vantagens competitivas permanentes

Um fator importante para o êxito de uma empresa é a sua vantagem competitiva sobre a concorrência. As empresas que são bem-sucedidas na manutenção desta vantagem durante um período temporal alargado estão em posição de registar rendibilidades acima da média. Incluem-se neste grupo, por exemplo, empresas com patentes e licenças com prazos alargados, com a empresa farmacêutica americana Gilead Science, o operador dominante em termos científicos e económicos na área dos medicamentos usados para combater a hepatite C. As empresas cujos clientes estão expostos a custos de transferência elevados também pertencem a esta categoria (p.ex., a SAP). Um terceiro exemplo que vale a pena citar é o que se denomina por efeito de rede, mais bem ilustrado pela Microsoft. Apesar de existirem vários fornecedores que disponibilizam gratuitamente os seus programas de processamento de texto e de folhas de cálculo, a compatibilidade plena com outros utilizadores é apenas proporcionada por produtos Microsoft mediante um custo.

Mercados em expansão

Um fator adicional que contribui para rendibilidades adicionais é o crescimento do volume de negócios. Em setores estagnados ou mesmo em recessão, este crescimento só pode ser alcançado pela dispendiosa conquista de quota de mercado. As empresas que exerçam atividade em setores em crescimento auferem quase “automaticamente” aumentos correspodentes. Por exemplo, vemos um potencial elevado no setor dos bens de consumo. Em muitos países da África, da Ásia e da América do Sul, grande parte da população transitará nos próximos vinte anos da pobreza extrema para a classe média. Estas pessoas pretenderão participar no consumo global. Nos países desenvolvidos, em contrapartida, a importância do setor da saúde crescerá continuamente.

Progresso técnico

Um terceiro elemento de criação de valor é o progresso técnico. Um exemplo típico é dado pela internet. As empresas que estejam bem posicionadas neste setor, como a Google, terão no futuro lucros desproporcionais decorrentes dessa situação, graças ao crescente número de utilizadores.

Fluxos de caixa estáveis provenientes de pagamentos contínuos de dividendos

As ações de empresas que pertençam a uma ou várias das categorias acima mencionadas são, em regra, caraterizadas por dividendos atraentes, acima da média e com forte crescimento. Estas asseguram fluxos de caixa consistentemente crescentes para o investidor, mas por sua vez também conferem um determinado grau de segurança contra quedas (abruptas) dos preços das ações.

Medidas anticíclicas

É repetidamente notório que os investidores privados agem de forma pró-cíclica relativamente aos seus investimentos em ações, e que preferem investir apenas quando a subida do preço das ações se mantém durante um período relativamente longo. Porém, se existirem retrocessos ou fases de baixa prolongada, o seu interesse dissipa-se rapidamente. A Genève Invest opera nos mercados de capitais baseada em análises bem fundamentadas do mercado, dos setores e das empresas, e utiliza indicadores técnicos para determinar os momentos adequados para investir ou vender. Em contrapartida, os fatores emocionais não têm qualquer influência sobre as nossas decisões de investimento.


Back to top